Oi, o que você está procurando?

Bebê de nove meses é deixado sozinho, machucado por cão e mãe volta embriagada

Uma mulher de 19 anos, moradora no conjunto habitacional Araçatuba G, está sendo acusada por vizinhos e pelo seu ex-marido, um ajudante geral de 23, de maus tratos contra o filho do casal, além de ameaça contra ele. De acordo com denúncias, a mulher teria saído e deixado a criança sozinha em casa, que foi mordida por cachorro, e em outra ocasião, estaria embriagada, sozinha, com o filho largado na casa.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado no plantão policial, o pai da criança, que é separado da mãe, foi chamado por vizinhos, após encontrarem a criança sozinha na casa, no bairro Araçatuba G. Ele, que mora no Umuarama, contou que vizinhas, ao procurar por sua ex-mulher, encontraram a criança sozinha, com mordida de cachorro, um filhote que a acusada tem na residência.

As vizinhas levaram a criança para cuidar até a chegada de um responsável. O auxiliar geral foi com seu ex-sogro, pai da acusada, até o imóvel, e quando chegaram lá encontraram a acusada visivelmente embriagada, no sofá da casa. A criança estava com ferimentos nas duas mãos.

Quando o pai da criança o pegou no colo e informou que iria leva-lo, a mulher pegou uma faca e tentou agredi-lo. Descontrolada, ela passou a quebrar tudo na casa, inclusive jogando uma televisão no chão.

O auxiliar acionou o conselho tutelar, sem sucesso por ser domingo, e acabou indo embora tendo de deixar a criança na casa com a mulher embriagada, que chegou a desmaiar, de acordo com o boletim de ocorrência. Nesta segunda-feira ele registrou o boletim de ocorrência e acionou o Conselho Tutelar.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!