Oi, o que você está procurando?

Um resumo de todas as mudanças do Enem 2017

O Ministério da Educação anunciou na manhã de hoje uma série de mudanças na aplicação do Enem 2017. A principal delas é que, a partir desta edição, a prova será aplicada em dois domingos consecutivos e não mais em um final de semana.

Veja um resumo de todas as mudanças do Enem 2017

Quando serão as provas?

Na edição deste ano, o exame será aplicado em dois domingos – nos dias 5 e 12 de novembro de 2017.

O primeiro domingo, 5 de novembro, será dedicado para as provas de redação, linguagens, códigos e suas tecnologias. Terá duração de 5 horas e 30 minutos.

No segundo dia, 12 de novembro, serão realizadas as provas de matemática e ciências da natureza e suas tecnologias. Terá duração de 4 horas e 30 minutos.

O Enem vai servir como certificado para o Ensino Médio?

Não. A partir de agora, o certificado para o ensino médio volta a ser feito pelo Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja), que é o exame adequado para esse fim, em uma parceria com estados e municípios.

O que muda nos cadernos de questões?

A partir desta edição, os candidatos receberão cadernos de questões e cartões de resposta identificados com seu nome e número de inscrição. “Até 2016, os participantes recebiam o cartão de resposta separado da prova e faziam a identificação com a cor de sua prova. A novidade dos cadernos personalizados reforça a segurança dos quatro cadernos dif erentes e identificados por cores”, afirma o Inep em nota.

Qual será o período de inscrições?

As inscrições para o Enem 2017 serão de 8 a 19 de maio. A publicação do edital deve acontecer até o dia 10 de abril.

Quem tem direito à isenção da taxa de inscrição?

Concluintes do ensino médio de escolas públicas e pessoas contempladas pela Lei 12.799/2013. Segundo o Ministério da Educação, também passam a ser beneficiados os cadastrados no CadUnico junto ao Ministério de Desenvolvimento Social e Reforma Agrária.

O que muda no processo para a isenção?

Até 2016, a isenção era concedida por meio de autodeclaração. Agora, o candidato precisará informar, ao se inscrever, seu número de Identificação Social (NIS). O sistema de inscrição permitirá busca automática. Em algumas situações, o participante poderá declarar que atende os requisitos, “mas se for verificado que a declaração é inverídica o candidato pode ser eliminado em qualquer etapa do processo.

Qual será a punição para beneficiados da isenção que faltarem no Enem?

“A partir de 2017, o participante que obtiver a isenção do pagamento da taxa de inscrição e não comparecer para a realização das provas perderá o benefício da gratuidade para o Enem 2018, caso queira usá-lo. A não ser que justifique ausência por meio de atestado médico ou documento oficial que comprove a impossibilidade de comparecimento. Não haverá mais justificativa por autodeclaração.”

Quando será divulgado o resultado?

O resultado será divulgado em 19 de janeiro de 2018.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!