Oi, o que você está procurando?

Ritinha Prates busca apoio da prefeitura de Araçatuba para abrir mais 20 leitos

Presidente e diretores da entidade reuniram-se com o prefeito Dilador Borges e a vice Edna Flor solicitando que intercedam pela liberação de recursos do SUS

A presidente da Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates (AAERP), Cida Nascimento Xavier, César Américo do Nascimento (Conselho de Administração) e Oscar Farias Ramos (assessor jurídico), reuniram-se ontem (23) com o prefeito de Araçatuba, Dilado Borges, e a vice-prefeita, Edna Flor, para solicitar apoio da administração municipal para a operacionalização de mais 20 leitos, já existentes, no hospital neurológico.

Atualmente, a entidade conta com 60 leitos, que estão totalmente ocupados por pacientes internos. A ala com os outros 20 leitos está construída há cerca de cinco anos, e desde então a diretoria se esforça na tentativa de conseguir recursos do (SUS) Sistema Único de Saúde para colocá-los em operação.

Cida explicou que todos os trâmites relativos ao processo legal de solicitação de recursos foram executados nas três esferas de governo (municipal, estadual e federal). “Agora, queremos o apoio da prefeitura para agilizar a liberação desses recursos, que nos permitirão atender mais pacientes da região, pois existe fila de espera”, disse a presidente da associação.

A presidente também lembrou que a entidade enfrenta problemas eventuais quando, por exemplo, a Justiça determina que o hospital receba mais pacientes, sendo que todos os leitos estão ocupados.

Outra solução sugerida pelos diretores a Dilador foi o direcionamento, para o hospital, da verba anteriormente destinada ao Hospital Psiquiátrico Benedita Fernandes. No entanto, a vice-prefeita Edna Flor lembrou que esse recurso foi repactuado com CAPs (Centro de Atenção Psicossocial), gerido pela Associação das Senhoras Cristãs, assim como o Benedita.

Também participou da reunião o assessor executivo da secretaria municipal de Saúde, Alair Barão. Dilador afirmou que fará o que for possível política e administrativamente para atender a demanda da associação, e determinou ao assessor que agende uma reunião da diretoria da AAERP com a secretária de Saúde, Carmen Guariente, que hoje está em um evento fora da cidade.

“É do interesse da prefeitura e de toda a cidade que o Ritinha Prates tenha mais esses 20 leitos, e continue prestando esse belo serviço de referência. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance”, finalizou o prefeito.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!