Oi, o que você está procurando?

Professor do Colégio Pedro II é condenado por assédio sexual a aluno

Um caso de assédio sexual ocorrido em 2012, no Colégio Pedro II da unidade da Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro, veio à tona nesta semana.

Segundo informações do Dia, um professor do colégio foi condenado por assédio sexual a um de seus alunos, de 14 anos, pela 1ª Vara Federal Criminal, do Tribunal Regional Federal (2ª Região). O juiz determinou que o docente perdesse o cargo na instituição de ensino.

Pelo Facebook, o professor teria oferecido favores sexuais em troca de intervir na possível reprovação do aluno.

De acordo com denúncia do Ministério Público Federal (MPF), o professor se valia da condição de docente e assessor da diretoria-geral para constranger o aluno com conversas obscenas, “com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual”.

“O acusado possuía poder de mando sobre a vítima decorrente do seu decisivo poder de influência sobre a mesma que se deixou ludibriar pela promessa de benefícios junto a direção da escola”, diz na decisão, o juiz Marcos Andre Bizzo Moliari, da 1ª Vara Federal Criminal do Rio.

O Colégio Pedro II não se pronunicou até o momento sobre o ocorrido, assim como a defesa do professor condenado.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!