Oi, o que você está procurando?

PM fecha refinaria de drogas em Araçatuba e prende mulher; veja fotos

A Polícia Militar encontrou uma casa usada para refino e embalo de drogas na noite desta quinta-feira (30), em Araçatuba. Uma mulher, identificada como Ariane Almeida Odiarte, de 29 anos, foi presa em flagrante pro tráfico de drogas. Ela era a responsável pelo local.

Os policiais apreenderam cerca de 5 quilos de entorpecentes além de placas de celular, que tinham como destino, penitenciárias de segurança máxima da região.

O imóvel usado para preparo e embalo de drogas fica na rua Pedro Theodoro Bibiano, no bairro Paraíso.

No local, os policiais encontraram quase 100 gramas de maconha e cerca de 5,9 quilos de cocaína, crack e pasta base de cocaína e produtos químicos usados no refino da droga, bem como equipamentos para a mistura do entorpecentes. Até produto de uso veterinário foi apreendido no local.

Os policiais também acharam balança de precisão,  material plástico usado no embalo de drogas e anotações referentes ao tráfico de drogas.

Abordagem
A polícia chegou ao local após abordar Ariane que trafegava com uma moto pela rua Imaculado Coração de Maria, no mesmo bairro.

Ao notar a viatura, ela tentou acelerar, o que chamou a atenção dos policiais Marçal e Marques.

Ariane tem 29 anos

Os PMs fizeram a abordagem e viram um embrulho escondido na blusa. Foi solicitado que ela retirasse da roupa um saco plástico que continha cocaína. Mais droga foi encontrada na bolsa da mulher, algo em torno de 50 gramas.

Indagada, ela  admitiu o tráfico e apontou a casa onde preparava as drogas.

Na residência, alugada especificamente para ser usada como uma espécie de refinaria de droga, os policiais acharam pratos, penelas, colheres e um liquidificador com resquício de cocaína e outros produtos químicos.

Conforme a polícia, a mulher admitiu que vendia cada porção de 50 gramas de cocaína por cerca de R$ 700. A distribuição era feita em biqueiras espalhadas em Araçatuba. A droga apreendida pela PM foi avaliada em cerca de R$ 70 mil.

O imóvel foi periciado pela Polícia Científica. Ariane foi apresentada no plantão policial de Araçatuba, onde foi autuada em flagrante por tráfico de drogas. Segundo a polícia, ela já registra antecedente criminal por este mesmo crime.

A ocorrência também contou com a participação dos policiais militares Balieiro, Pereira, Paulo Sergio, Bispo, Pavan, Almeida e Maurício.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!