Oi, o que você está procurando?

Mercedes erra no box, Vettel vence na Austrália, e Massa é 6º

Hamilton é vítima de estratégia ruim da Mercedes e vê Ferrari começar na frente

A atual tricampeã Mercedes deu de presente para a Ferrari a vitória na abertura da temporada de 2017 da Fórmula 1. Sebastian Vettel, que não vencia desde o GP de Cingapura de 2015, retornou neste domingo (26) ao lugar mais alto do pódio no GP da Austrália. Foi a 43ª vitória de Sebastian na F1.

Saindo de segundo, o piloto viu Lewis Hamilton parar nos boxes para seu único pit stop da prova na volta de número 17. Na saída, o britânico foi segurado pelo holandês Max Verstappen da Red Bull. Perdendo pouco mais de três segundos para Vettel, Lewis não conseguiu manter a ponta quando o alemão entrou nos boxes seis voltas depois.

Após isso, Hamilton viu o tetracampeão abrindo e teve de se defender dos ataques tímidos do companheiro Valtteri Bottas, que finalizou em terceiro. Kimi Raikkonen foi o quarto e Max Verstappen ficou em quinto.

Felipe Massa fez corrida satisfatória. Ele ganhou o sexto lugar de Romain Grosjean na largada e se manteve na posição até o fim da prova conseguindo bons pontos para a Williams.

A prova ficou devendo no lado das ultrapassagens. O que se temia na pré-temporada, de que os carros não conseguissem se seguir de perto devido à maior pressão aerodinâmica, se concretizou. A prova não teve muita ação apesar da troca na liderança.

O dia foi ruim para o torcedor australiano. Daniel Ricciardo, que trocou o câmbio antes da largada devido a um acidente sofrido no Q3 da classificação, viu sua Red Bull ficar presa na sexta marcha e teve problemas antes mesmo da largada. Ele ainda largou dos boxes duas voltas depois, mas não pôde almejar nada na corrida. Ele abandonou na volta 28.

A corrida

As posições permaneceram inalteradas após a largada. O único incidente da primeira volta foi na curva 3, envolvendo Marcus Ericsson e Kevin Magnussen. O top-5 era Hamilton, Vettel, Bottas, Raikkonen, Verstappen. Massa ganhou o lugar de Grosjean e foi para sexto.

Nas primeiras voltas, corrida não teve ação. Os carros continuaram nas mesmas posições com pouquíssimas alterações.

Sétimo, Grosjean acabou abandonando a prova na volta 15 com problemas de motor após parar nos boxes.

Hamilton foi o primeiro dos ponteiros a parar na volta 17. Ele retornou em quinto e perdeu tempo atrás do holandês Max Verstappen, que tinha o ritmo um pouco pior. Massa parou na volta 20 e retornou em sétimo.

Vettel parou na volta 23 e retornou à frente da briga entre Hamilton e Verstappen. O erro estratégico da Mercedes deu a liderança a Vettel, que com as paradas de Bottas e Raikkonen, assumiu o primeiro lugar.

Hamilton foi ficando com o passar das voltas. Com distanciamento de Vettel, Bottas foi se aproximando do inglês. No entanto, o finlandês jamais chegou perto para atacar o parceiro.

Ocupando o décimo lugar até a parte final da prova, Alonso foi obrigado a abandonar no fim com problemas de suspensão.

A próxima etapa acontece no dia 9 de abril, na China.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!