Oi, o que você está procurando?

Irmão de rapaz flagrado com anabolizantes é preso pelo GOE com drogas após criticar a polícia

Um rapaz de 29 anos foi preso com ao menos sete pinos de cocaína e anabolizantes em uma casa do Condomínio Moradas, em Araçatuba. A prisão foi feita pelo GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil.

O acusado passou a ser investigado após o irmão dele ser preso com anabolizantes no dia 3 de março.

Na ocasião, um comerciante que tem uma loja de roupas na rua Marcílio Dias, também foi preso em flagrante. Ambos foram indiciados por tráfico de drogas e crime contra a saúde pública.

COMENTÁRIOS
Após a prisão, o acusado preso hoje, irmão de um dos indiciados, passou a fazer críticas aos policiais por meio do espaço reservado aos com entários de internautas na página do Regional

Press, jornal que publicou a notícia em primeira mão.

Além das críticas, o rapaz xingou os policiais. Em um dos comentários, ele diz: “Biqueras de drogaa esses putos nao pega fale menos seu filha da puta” (Sic). Os comentários estão postados na matéria cujo link está no final deste texto.

Após denúncia de que o rapaz também poderia fazer parte do esquema ilícito e por meio de um mandado de busca e apreensão, expedido pela Justiça de Araçatuba, os investigadores do GOE foram até a casa dele, na tarde desta quinta-feira (9).

O morador estava em casa e durante a revista os policiais civis encontraram pinos de cocaína, dinheiro e mais anabolizantes, iguais aos encontrados com o irmão no começo do mês.

A ocorrência está em andamento e o GOE prossegue com as diligências. O acusado, identificado como E.B., será apresentado no plantão policial.

Ele deverá se autuado em flagrante e encaminhado à cadeia de Penápolis, onde o irmão está preso.

LEIA MAIS:

http://rp10.com.br/2017/03/04/goe-descobre-venda-clandestina-de-anabolizantes-e-prende-dois-fisiculturistas-em-aracatuba/

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!