Oi, o que você está procurando?

Homem filma agressão e impede que pessoas separem briga de mulheres em Araçatuba

A integrante de uma ONG que atua na proteção e defesa dos animais, Cristina Munhoz, foi agredida em via pública, na região central de Araçatuba, e um vídeo mostrando as agressões repercutiu no facebook nesta sexta-feira. Pelo vídeo entende-se que o motivo da briga seria o fato de a vítima ter falado algo sobre o filho da agressora.

O caso aconteceu nesta quinta-feira na avenida dos Araçás, e ganhou repercussão no dia seguinte. Cristina estava trabalhando em um carrinho de venda de água de coco quando a agressora chegou e começou a agredir a vítima, enquanto um homem filma tudo e impede as pessoas de interferirem na briga.

A reportagem do Regionalpress recebeu a informação de que o homem que filmou as agressões seria um servidor municipal. No vídeo dá pra perceber que ele impede as pessoas de apartarem as duas mulheres. A agressora diz à vítima, “fala do meu filho Cristina!”, dando a entender que este seria o motivo das agressões.

Cristina afirma que fez boletim de ocorrência sobre a agressão. Nas redes sociais é possível perceber, pelo perfil das envolvidas, que as duas mulheres já tinham desentendimento e discussões pelo facebook. Veja o vídeo:

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!