Oi, o que você está procurando?

Contadores convidam profissionais da prefeitura para diálogo sobre o sistema GIA

Novo sistema eletrônico implantado pela administração visa o acompanhamento do valor adicionado para fins de cálculo do Índice de Participação dos Municípios, tornando o processo ágil, eficaz e seguro

Contadores de Birigui e profissionais da Secretaria Municipal de Finanças estiveram reunidos na manhã de quinta-feira, dia 30, para a continuidade de implantação do novo sistema de gerenciamento eletrônico de Guia de Informação e Apuração (GIA), lançado pela administração no último dia 20 de fevereiro.

O encontro ocorreu no Sescon-SP Regional Birigui (Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo), que atende na rua Mário de Souza Campos, 773, Vila Roberto.

O prefeito de Birigui, Cristiano Salmeirão, e o secretário municipal de Finanças, Adonai Henrique Brum, participaram da abertura do encontro. Eles foram recebidos pelo Diretor Regional do Sescon Birigui, Elcio Cleber Feitosa Sanches, pelo presidente do Sindicato dos Contabilistas de Birigui, André Dantas, e pelo delegado regional do CRC (Conselho Regional de Contabilidade), Sérgio Luiz Sabioni.

“A classe dos contadores é uma classe unida. A Prefeitura de Birigui se coloca à disposição para um trabalho em conjunto, um trabalho que atenda o cidadão da melhor maneira possível. Este novo sistema faz parte de nosso processo de Modernização Administrativa, buscando facilitar a integração entre contribuinte e fisco”, falou o prefeito na abertura do encontro.

O novo sistema eletrônico implantado pela administração visa o acompanhamento do valor adicionado para fins de cálculo do Índice de Participação dos Municípios, tornando o processo ágil, eficaz e seguro. Os contribuintes já serão notificados para apresentarem as GIAS a Prefeitura de Birigui.

O secretário Adonai Brum lembrou que a implantação do novo sistema atende determinação do Decreto 5.769, de 14 de fevereiro de 2017, que dispõe sobre regulamentação da entrega, por meio eletrônico, das informações dos documentos fiscais que devam acompanhar mercadorias em operações de que participem produtores rurais, indústrias, comerciantes e prestadores de serviços, que trata a Lei Federal 63/90.

No Decreto, assinado pelo prefeito Cristiano Salmeirão, é considerado que o Poder Público deve adotar medidas tendentes à simplificação da ordem tributária, promovendo a redução de custos no cumprimento das obrigações fiscais.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!