Oi, o que você está procurando?

Ataque de abelhas deixa 5 pessoas em estado grave em Araçatuba

Cinco pessoas foram internadas em estado grave após serem atacadas por abelhas na zona rural de Araçatuba.

Segundo as primeiras informações, as vítimas estavam em dois carros que foram atacados pelo enxame em uma estrada de terra, no sentido a Guararapes, perto de um confinamento de gado.

As vítimas foram socorridas por duas equipes de resgate do Corpo de Bombeiros.

Outra viatura do Corpo de Bombeiros foi enviada ao local para evitar que outras pessoas se aproximem das abelhas.

As vítimas, cujos nomes e idades ainda não foram divulgados, recebem atendimento médico no pronto socorro da Santa Casa de Araçatuba.

Conforme especialistas, um ataque de abelhas pode ser algo extremamente violento e perigoso para a saúde de qualquer pessoa. É importante seguir algumas dicas para que estes animais, que parecem dóceis, não se tornem uma ameaça para a vida.

Cuidados para evitar o ataque de abelhas

– Não mexa nas abelhas em nenhuma circunstância. A brincadeira com uma abelha pode provocar a reação do enxame inteiro.

– As abelhas começam a perceber a sua presença a aproximadamente 30 metros de distância. Nunca se aproxime a menos de 15 metros da colmeia.

– Caso você se depare com uma colmeia e o ataque de abelhas se torne um perigo iminente, procure uma rota de fuga o mais rápido possível. Alguns enxames chegam a perseguir pessoas por até 400 metros a uma velocidade de 28 quilômetros por hora. Tente mudar de direção constantemente, pois os insetos têm dificuldades para mudanças bruscas de direção.

– Se for atacado, não grite ou se agite. Isso provoca uma reação instintiva de defesa das abelhas.

– Fique atento ao perceber o zunido de uma colmeia.

– Roupas escuras ou com cores vibrantes perturbam as abelhas. Quando estiver em um lugar que tenha abelhas, use roupas claras, de preferência brancas.

– Evite o uso de perfumes e loções pós-barba, pois eles atraem os insetos.

Primeiro atendimento após o ataque de abelhas

Uma pessoa alérgica vai apresentar os primeiros sintomas de três a quatro minutos após ser vítima de um ataque de abelhas. Entre eles está dificuldade de respirar, pele avermelhada e até desmaio. Nesses casos, é preciso levá-la ao hospital para os primeiros socorros o quanto antes.

– Remova o ferrão do inseto o mais rápido possível, de preferência com uma pinça. Caso você não tenha este instrumento disponível, pode raspar o local com o auxílio de um cartão de banco. Não tente retirar com os dedos, pois a pressão pode deslocar mais veneno para o local da picada.

– É extremamente importante remover o ferrão, já que ele tem uma substância que atrai as outras abelhas para atacar.

– Lave por alguns minutos o local da picada com água e sabão.

– Coloque sobre a área mais atingida pelo ataque de abelhas uma compressa fria (coloque o gelo em um pedaço de pano ou saco plástico, e não diretamente sobre a pele). Mantenha a compressa por 15 ou 20 minutos, isso diminui o inchaço e propagação do veneno.

– Não fique deitado após sofrer as picadas, pois isso pode fazer com que o veneno se propague de forma mais rápida. Prefira ficar sentado enquanto é realizado o atendimento. Mantenha a região afetada abaixo da linha do coração.

– Procure sempre ajuda médica se a respiração ficar difícil, se receber mais de 15 picadas, ou se for alérgico.

Fique atento

Os efeitos do ataque de abelhas variam de intensidade, na dependência do número de ferroadas e da sensibilidade do organismo.

Após uma pessoa ter sido atacada por um enxame de abelhas, o sistema imunológico reage, produzindo histaminas e podendo levar ao choque anafilático.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!