Oi, o que você está procurando?

Padrasto é preso suspeito de matar enteado de 3 anos

A Polícia Civil investiga a morte de um menino de 3 anos na manhã deste domingo (15) na Zona Norte de Porto Alegre. O padrasto da criança foi preso em flagrante por suspeita do assassinato, após levar a criança ao hospital desacordado e com sinais de estrangulamento.

Segundo a polícia, por volta das 10h30, o padrasto, Paulo Roberto dos Santos Pereira, de 29 anos, saiu da casa onde a família mora no bairro Humaitá com o enteado desacordado nos braços, pedindo ajuda. Ele levou a criança ao Hospital Presidente Vargas, onde os médicos perceberam as marcas no pescoço e o traumatismo craniano e acionaram a Polícia Civil. O suspeito foi preso ainda dentro da instituição e levado ao Palácio da Polícia.

Davi completaria 4 anos nesta terça
(Foto: Manoel Gomes/Arquivo Pessoal)

Davi Daniel Rosa Rospidi da Silva completaria 4 anos nesta terça, e a família preparava uma festa de aniversário para ele. O avô materno da criança, Manoel Luciano Benitez Gomes, disse que não sabia se havia algum desentendimento entre Davi e o padrasto, que tinha um relacionamento de apenas três meses com a mãe.

“Nunca soube dele bater no meu neto, nada. Ultimamente no Ano Novo andei desconfiando, mas não descobri nada. Foi a única vez que eu desconfiei de alguma coisa, mas não tinha nada concreto”, afirmou.

O avô garantiu que a mãe do menino também não sabia sobre os desentendimentos. “Ela me falou fielmente e convincentemente que não sabia de nada e que nunca o viu brigando com o Daniel”, disse.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!