Oi, o que você está procurando?

Meninos de 12 a 13 anos serão imunizados contra HPV em todas as unidades de saúde do município

O Governo de Andradina através da Secretaria Municipal de Saúde e Higiene Pública em parceria com o Ministério da Saúde passa a incluir no calendário de 2017 a imunização de meninos de 12 a 13 anos contra o HPV. Até o ano passado, a imunização era feita apenas em meninas.

A primeira dose da vacina já está disponível em todas as unidades de saúde do município, das 8h às 16h30. A faixa etária será ampliada gradativamente, até 2020, quando serão incluídos meninos com 9 anos até 13 anos.

A inclusão da vacinação para o sexo masculino é uma escolha de acordo com as recomendações das Sociedades Brasileiras de Pediatria, Imunologia, Obstetrícia e Ginecologia, além de DST/AIDS e do mais importante órgão consultivo de imunização dos Estados Unidos (Advisory Committee on Imunization Practices).

Sendo assim, a estratégia tem como objetivo proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus, doenças que estão diretamente relacionadas ao HPV.

A definição da faixa-etária para a vacinação visa proteger as crianças antes do início da vida sexual e, portanto, antes do contato com o vírus.

HPV PARA MENINOS – De acordo com o Ministério da Saúde o esquema vacinal contra o HPV para os meninos é de duas doses, com seis meses de intervalo entre elas. Para os que vivem com HIV, a faixa etária é mais ampla (9 a 26 anos) e o esquema vacinal e de três doses (intervalo de 0, 2 e 6 meses). No caso dos portadores de HIV é necessária a prescrição médica.

A vacina disponibilizada para os meninos, e já oferecida para as meninas desde 2014 pelo SUS (Sistema Único de Saúde) é a quadrivalente, conferindo a proteção contra quatro subtipos do vírus HPV (6, 11, 16 e 18), com 98% de eficácia para quem segue corretamente o esquema vacinal.

Vale ressaltar que os cânceres de garganta e de são o 6º tipo de câncer do mundo, com 400 mil casos no e 230 mil mortes. Além disso, mais de 90% dos casos de câncer anal são atribuíveis à infecção pelo HPV.

No atual calendário de vacinação para crianças e adolescentes constam 12 vacinas para a proteção contra 18 doenças: a vacina BCG, que protege contra a tuberculose, principalmente a tuberculose miliar e a neurotuberculose, a vacina rotavírus, contra um dos principais agentes etiológicos que causam a diarréia, a vacina poliomielite que protege contra a paralisia infantil, a vacina pentavalente que protege contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e Haemophilus influenza tipo b (Hib), a vacina pneumocócica conjugada 10-valente, a vacina meningocócica conjugada C, a vacina febre amarela, a vacina sarampo, caxumba e rubéola (SCR), a vacina influenza, vacina varicela, vacina hepatite A e a vacina HPV que protege contra o câncer de colo de útero e verrugas genitais.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!