Oi, o que você está procurando?

Bernardinho deixa comando da seleção masculina de vôlei após 16 anos

Técnico bicampeão olímpico (Atenas 2004 e Rio 2016) conquistou muitos títulos desde quando assumiu; Renan Dal Zotto assume em seu lugar

No comando da seleção masculina de vôlei do Brasil desde 2001, Bernardinho anunciou nesta quarta-feira (11) que deixará o posto. No lugar dele assume Renan Dal Zotto.

Segundo o site do Globo Esporte, Renan estava na CBV até o fim dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Depois, pediu afastamento por razões pessoais e voltou a Florianópolis. Ao saber da decisão de Bernardinho, o presidente Toroca teria “intimado” Renan a voltar.

É um motivo de muito orgulho estar aqui hoje pela confiança depositava pelo Toroca e pela CBV no meu nome. Estou há mais de 40 anos no vôlei e algumas vezes fui convocado pela CBV. Durante 13 anos como atleta, aquele frio na barriga. Depois em 2001 para ajudar na transição do Bernardo do feminino para o masculino. Isso me entusiasma muito. Nos últimos anos estava como diretor de seleções”, disse Renan.

Alguns jogadores da seleção se mostraram surpresos com a decisão.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!