Oi, o que você está procurando?

Programa de Ensino Integral em Pereira Barreto apresenta primeiros resultados

A partir de 2014, a Escola Estadual Coronel Francisco Schmidt, de Pereira Barreto, SP, aderiu ao Programa de Ensino Integral da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

Ao ampliar a jornada de estudo dos alunos, a instituição passou a oferecer, além da matriz curricular comum, atividades diversificadas e complementares, como orientação de estudos, preparação para o mundo do trabalho e auxílio na elaboração de um projeto de vida.

Além das disciplinas obrigatórias, os estudantes contam também com disciplinas eletivas, que são escolhidas de acordo com seus objetivos.

Nas aulas, os professores buscam construir o conhecimento junto com os estudantes.

Um dos aspectos positivos do ensino integral é a maior proximidade do corpo docente com a gestão da escola e também com os alunos e pais, já que a dedicação plena do corpo docente é uma dos requisitos para a manutenção do programa.

Neste ano, a escola de Pereira Barreto formou sua primeira turma, fechando o ciclo dos três anos do Ensino Médio sob a nova proposta de ensino.

Através de ponte de macarrão, alunos testam resistência de materiais

Através de ponte de macarrão, alunos testam resistência de materiais

E os resultados já começam a aparecer. Dos alunos que prestaram vestibular neste final de ano, a maioria aparece na relação de aprovados de universidades públicas e privadas, como a UNESP e a UNIP.

De acordo com a equipe pedagógica da escola, o resultado das avaliações externas é um indicador de desempenho importante, pois atesta a eficácia do programa.

De acordo com os princípios do Programa de Ensino Integral, ampliar o tempo de permanência na escola equivale a criar as condições de tempo e de espaços para desenvolver as potencialidades humanas em seus diferentes aspectos: cognitivos, afetivos e socioculturais.

Essa ampliação possibilita a efetivação de novas atitudes, tanto no que se refere à cognição como a convivência social, privilegiando a formação integral do jovem estudante: “a escola pretendida põe em relevo, para além de conteúdos acadêmicos, conteúdos socioculturais e a possibilidade de vivências direcionadas à qualidade de vida, ao exercício da convivência solidária, à leitura e interpretação do mundo em sua constante transformação”.

Disciplina de Matemática sugeriu aos alunos construíram pontes de macarrão

Disciplina de Matemática sugeriu aos alunos construíram pontes de macarrão

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!