Oi, o que você está procurando?

Polícia prende mãe suspeita de estuprar e torturar filha de 7 anos

A polícia Civil do Rio informou, na noite este domingo (25), que a Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) prendeu uma mulher de 44 anos, suspeita dos crimes de estupro de vulnerável e tortura, praticados contra a própria filha de 7 anos.

Segundo a investigação, ela permitia que homens que frequentavam sua casa praticassem sexo e outros atos libidinosos com a criança. Dentre os suspeitos, estão o avô de consideração e o próprio pai da menina.

Não foi informado o bairro onde aconteceram os crimes – a delegada responsável vai conceder entrevista coletiva nesta segunda-feira (26) para dar mais detalhes.

Em 5 de dezembro, a mulher foi presa inicialmente em flagrante, na Central de Garantias, pelo crime de maus tratos contra a criança. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a teria levado a criança a uma unidade de atendimento médico, alegando que a mesma havia se ferido em uma queda.

Os profissionais da área da saúde observaram que as lesões não eram compatíveis com o alegado pela mãe e, por isso, acionaram a polícia. O delegado de plantão autuou a mãe em flagrante pelos maus tratos e, por terem sido observadas lesões sugestivas de abuso sexual na criança, encaminhou nova investigação, desta ver por estupro, para a DCAV.

Em audiência no dia seguinte, a mãe da criança conseguiu o direito de responder pelo crime em liberdade. Após reunir novas provas, a delegada Juliana Emerique de Amorim Coutinho pediu a prisão da suspeita, que foi decretada pela Justiça. A mãe, então, foi presanovamente. A data exata da nova prisão não foi divulgada.

Histórico de crimes
A criança segue internada, sem previsão de alta médica. Segundo a polícia, a mãe já respondeu anteriormente por lesão corporal e maus tratos praticados contra outra de suas filhas, hoje maior de idade. Em 2011, foi condenada por tráfico de drogas.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!