Oi, o que você está procurando?

Mulher é detida na Santa Casa suspeita de ajudar no aborto da filha, em Araçatuba

Uma mulher de 57 anos foi detida pela Polícia Militar na Santa Casa de Araçatuba por suspeita de ajudar a própria filha, de 31 anos, a praticar um aborto.

O caso ocorreu nesta terça-feira (13). Segundo as primeiras informações, a mulher, com conhecimento em enfermagem, sabia que a filha havia tomado e introduzido comprimidos de Cytotec, remédio para úlcera usado como abortivo que pode causar a perda do útero e até a morte.

Diante do quadro de aborto provocado, a polícia foi acionada e deteve a mulher, que foi levada para o plantão policial de Araçatuba, onde a ocorrência foi registrada.

Após prestar depoimento, a mãe da moça foi liberada, mas o caso continua sendo investigado.

Ela disse à polícia que o namorado da filha que sugeriu o aborto. Ela observou, ainda, que a filha estaria com quadro depressivo.

A moça que abortou estava com menos de um mês de gestação e permanece internada na Santa Casa. Ela também será intimada e poderá ser indiciada pelo crime.

A polícia acionou o médico legista do IML (Instituto Médico Legal) para examinar a paciente.

O laudo será anexado ao inquérito da Polícia Civil sobre o caso de aborto. O crime prevê pena de até 3 anos de prisão.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!