Oi, o que você está procurando?

Mulher que morreu na Santa Casa pode ter sido vítima de espancamento

A vendedora Roseli Lopes, de 53 anos, que estava internada na Santa Casa desde sexta-feira, morreu no domingo pela manhã. Ela estava em estado grave, com lesões por todo o rosto, um dos olhos chegou a ficar fora da cavidade ocular e a mulher estava com dreno de tórax. Apesar de ter sido deixada no pronto-socorro com a informação de que ela havia caído de uma escada, os familiares acreditam que ela teria sido espancada pelo companheiro.

Uma filha da vítima ficou sabendo que sua mãe estava internada na sexta-feira, quando recebeu um telefonema do hospital dizendo que a mulher precisava de uma acompanhante. Ao chegar na Santa Casa a filha nem sequer foi reconhecida, devido à gravidade dos ferimentos, que prejudicaram até a visão da vendedora.

No mesmo dia os familiares procuraram a polícia para relatar o caso, e informaram que o companheiro de Roseli tem comportamento agressivo e já teria agredido fisicamente a mulher, em várias outras ocasiões. O corpo de Roseli passou por exame no IML. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!