Oi, o que você está procurando?

Criança morre e mãe e padrasto são presos acusados de agressão

Um menino de apenas dois anos e quatro meses morreu, na madrugada desta segun da-feira (14), de anemia profunda e hemorragia interna, após ter o fígado rompido, possivelmente, provocado por um soco desferido pelo padrasto, de 19 anos.

Essa foi a conclusão da polícia de Andradina, que desvendou o caso. A mãe da criança, uma adolescente de 16 anos, foi apreendida, segundo o site Mil Notícias.

A Polícia Civil apura possível caso de tortura contra a criança. Conforme a reportagem, o casal vivia junto havia cerca de 3 meses.

Agressões contra a criança teriam ocorrido durante esse tempo. O menino também não teria recebido os cuidados adequados, principalmente com a alimentação.

A morte do menino foi descoberta depois que o Corpo de Bombeiro foi acionado para socorrê-lo em sua casa, na Vila Botega. A informação era de que o menino estava passando mal.

Diante da gravidade do caso, os bombeiros realizaram os procedimentos de urgência e levaram o menino para o pronto socorro, onde a equipe médica constatou o óbito.

Exame necroscópico apontou a anemia profunda e o rompimento do fígado, que teria sido provocado por suposta agressão. Também havia hematomas pelo corpo da criança, segundo a polícia.

Os responsáveis pela criança, que já haviam sido detidos pela polícia, foram encaminhados para unidades prisionais da região.

Quando menor de idade, o padrasto da criança foi apreendido acusado de matar um rival e ferir outro, em Andradina.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!