Oi, o que você está procurando?

Campanha do governo do Paraná expõe racismo no Brasil

O governo do estado do Paraná divulgou na quinta-feira (17), vídeo de uma campanha impactante para expor o racismo institucional no Brasil. A publicação viralizou nas redes sociais e já alcançou mais de 144 mil compartilhamentos até a noite.

“Chega de fingir que é normal”, informa o perfil do governo paranaense na divulgação da campanha. As imagens apresentam um experimento social gravado com câmeras escondidas em uma sala.

Profissionais de Recursos Humanos são separados e recebem fotos com pessoas fazendo atividades diversas. As discrições, no entanto, variam bastante de acordo com os profissionais brancos e não brancos retratados.

A doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e pesquisadora das questões étnico-raciais, Silvia Maria Vieira, avalia que as campanhas contra racismo são fundamentais para desmistificar a falsa ideia de que “racismo não existe”.

“Em uma entrevista, quando falam em boa aparência já sabemos que algum grupo será discriminado, e esse grupo vai ser o não branco. Eu mesma, quando estou sentada em sala e alguém entra, perguntam quem é a professora. Eu não tenho o estereótipo da professora, pois a imagem é sempre de uma mulher branca, de salto, com uma roupa de determinada marca”.

Até domingo, 20, é comemorada no Brasil a “Semana da Consciência Negra”. O dia 20 é uma data para a celebração da cultura dos negros e luta por igualdade e respeito.

Veja o vídeo da campanha:

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!