Oi, o que você está procurando?

Cães de focinho curto têm cada vez mais males específicos

Os cachorros da raça pug são uma fofura e todos gostam de ver fotos deles no Instagram. Uma breve busca pela hashtag #pugs tem mais de 7 de milhões de postagens. Apesar de lindos, os pugs tem sofrido com graves problemas de saúde e deconfortos, segundo veterinários. As informações são do jornal inglês ‘Telegraph’.

Cães braquicéfalos, que possuem focinhos mais curtos, sofrem de problemas de respiração devido a abertura estreita do nariz para entrada de ar (chamada de estenose das narinas). Isso causa o ronco comum de raças como o pug ou o buldogue.

Outra característica comum do pug são as dobras na pele, que podem facilitar o acesso de bactérias, causando infecções.

Problemas oculares também podem prejudicar cães braquicéfalos. A órbita ocular deles são mais saltados que de outras raças, dando-lhe menos proteção contra arranhões e infecções. Uma batida muito forte na cabeça deles pode fazer com que um olho saia da óbrita, exigindo assim uma cirurgia.

Mais sossegados e menos atléticos que outras raças, os pugs chamam a atenção de pessoas que desejam ter um pet como um companheiro pro dia-a-dia, porém ter um braquicéfalo exige diversos cuidados.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!