Oi, o que você está procurando?

Atlético-MG e Flamengo empatam no Mineirão; veja outros resultados

O sábado (29) de futebol foi aberto com muita emoção e três partidas da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. No Mineirão, Atlético-MG e Flamengo fizeram uma partida de tirar o fôlego e empataram em 2 a 2.

Na Arena da Baixada, o Atlético-PR recebeu o Cruzeiro e venceu por 1 a 0. Na Arena Corinthians, o Alvinegro largou na frente da Chapecoense, mas acabou permitindo o empate em 1 a 1.

No Mineirão, o Flamengo dominou o Atlético-MG no primeiro tempo e chegou ao intervalo vencendo por 1 a 0. O gol saiu aos 32 minutos. Mesmo marcado, Guerrero conseguiu enxergar Diego entrando na área, e o meia, de carrinho, para abriu o placar. Na etapa final, o Galo voltou melhor e passou a dominar o Rubro-Negro.

Aos 34, Réver derrubou Fred na área, e o árbitro marcou o pênalti. Robinho foi para a bola e deixou tudo igual. A pressão mineira continuou e, aos 41 minutos, Robinho rolou para Lucas Pratto, e o argentino tocou na saída de Muralha para virar o marcador.

Três minutos depois, quando o triunfo atleticano já parecia encaminhado, Diego tentou chute na área, a bola desviou na defesa e sobrou para Guerrero deixar tudo igual. Com o resultado, o Flamengo segue na segunda colocação, com 62 pontos, e o Galo vem logo atrás, com 60.

Na Arena da Baixada, o Atlético-PR conseguiu um grande resultado. O Furacão bateu o Cruzeiro por 1 a 0 e chegou ao G-6 do Campeonato Brasileiro, ultrapassando o Corinthians. O único gol da partida foi marcado aos 13 minutos do primeiro tempo.

Após escanteio cobrado na área por Nicolas, Pablo cabeceou, a bola desviou no zagueiro Manoel e entrou. A Raposa teve grande chance de empatar, já na etapa final, aos 47, com cabeçada de Bruno Rodrigo, mas a bola explodiu no travessão e saiu. O Furacão chegou a 51 pontos e assumiu a sexta colocação da tabela de classificação. O Cruzeiro, com 41, segue no 13º lugar.

Na Arena Corinthians, as redes balançaram somente na etapa final. Aos 27 minutos, Rildo foi derrubado por Gimenez na área, e o árbitro marcou pênalti. Giovanni Augusto foi para a bola e bateu firme, no canto esquerdo, para abrir o placar para o Timão. Onze minutos mais tarde, a Chapecoense buscou o empate da mesma forma.

Pedro Henrique derrubou Lucas Gomes na área e o juiz assinalou nova penalidade. Com categoria, Bruno Rangel acertou o canto esquerdo de Cássio e deixou tudo igual. Com o empate, o Corinthians foi a 50 pontos e caiu para a 7ª colocação. A Chapecoense chegou a 43 e subiu para o 11º lugar.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!