Oi, o que você está procurando?

Gaeco de Franca prende 5 vereadores de Miguelópolis na Operação Cartas em Branco

O núcleo de Franca do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e a Polícia Militar deflagraram uma operação em Miguelópolis, no interior do Estado, que resultou na prisão de ao menos seis pessoas, incluindo cinco vereadores.

 

Trata-se da segunda fase da Operação Cartas em Branco, que já havia levado à prisão do prefeito Juliano Mendonça em abril. O prefeito foi denunciado pelo Procurador-Geral de Justiça, Gianpaolo Smanio.

 

Na madrugada desta segunda-feira (12/9), os promotores do Gaeco e a PM foram a campo para cumprir os mandados de prisão preventiva, decretados pela Justiça. Os detidos com mandato parlamentar, que já foram denunciados em seu conjunto pelo Ministério Público por organização criminosa, corrupção e fraude em licitação, são os vereadores André Freitas (PV), Genésio Urias (PTdoB), Júlio Cesar (PV), Reinaldo Gonçalves (PT) e Valter Sampaio (PTdoB).

De acordo com o promotor de Justiça Rafael Piola, coordenador do Gaeco em Franca, as equipes fizeram buscas na Câmara Municipal.

Ao todo, dez mandados de prisão foram expedidos. Três vereadores não foram localizados pelo Gaeco e pela PM. As diligências vão prosseguir.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!