Oi, o que você está procurando?

Teatro aborda perigo da dengue a atendidos de programas sociais

A arte a serviço da informação pela saúde. Esta foi o razão do trabalho educativo realizado nesta quarta-feira (10) com as crianças, adolescentes e idosos atendidos pelo Serviço de Convivência Infantojuvenil (Secoi), pelo Programa Lobato – Sítio da Criança e pelo Centro de Convivência do Idoso (CCI), que são equipamentos são mantidos pela Prefeitura de Araçatuba.

Eles foram convidados a assistir a peça ‘O mosquento da rua Primavera’, da Cia Pináculo, no Teatro Municipal Paulo Alcides Jorge, anexo à Biblioteca Municipal.

A peça relata a vida de duas vizinhas: Odélia, que cuida muito bem do seu quintal e tem a preocupação com todos de sua comunidade, e Marusca, que faz de sua residência um verdadeiro criadouro do mosquito.

As duas vivem num embate, que só termina quando Marusca conhece o mosquito e sente na pele os estragos que ele faz na vida de uma pessoa e, por consequência, na sociedade em geral.

De maneira divertida e interativa, os atendidos foram alertados sobre os perigos causados pelo mosquito Aedes aegypti, que é o transmissor de doenças como dengue, chikungunya e zika vírus.

“Me diverti bastante e também aprendi que  não podemos deixar acumular água em pneus e vasilha, porque cria larvas que se transformam no mosquito da dengue”, disse Gustavo, de 12 anos, atendido do Secoi.

Ruan, de sete anos, do Programa Lobato, teve opinião semelhante. “Achei bem legal e entendi que não pode deixar água parada, nem sujeira na cidade, porque senão a gente pega dengue”.

teatro1

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!