CONECTE CONOSCO

investigação

Homem compartilha fotos da ex-mulher nua e caso vai parar na polícia em Araçatuba

Publicado em

Foto Ilustrativa


A Polícia Civil abriu investigação para apurar o compartilhamento de fotos de uma mulher nua em redes sociais. O autor seria o ex-marido da vítima. O caso foi registrado no plantão policial de Araçatuba na noite desta terça-feira (19).

A mulher, de 34 anos, alegou que seu ex, com quem foi casada por três anos, passou a divulgar imagens dela nua no Facebook e por meio do WhatsApp sem qualquer permissão.

Conforme o boletim de ocorrência, em uma das postagem no Facebook, a foto foi acompanhada da seguinte mensagem: “Já vi de tudo na minha vida, mas deixar um casamento por um velho aleijado por grana, fiquei sabendo, que nojo, que lixo” (sic). A mensagem faria menção ao atual namorado da vítima.

Ainda de acordo com o BO, o acusado enviou por WhatsApp fotos nuas da vítima à três amigas, que imediatamente a cientificaram do ocorrido.

A mulher ressalta que no último dia 11 de março registrou um boletim de ocorrência de violência doméstica no plantão policial de Araçatuba e que na ocasião requereu medida protetiva de urgência para que o ex-marido não se aproxime dela.

O acusado, de 42 anos, reside em Birigui, conforme o que consta no BO. Ele será intimado para prestar esclarecimentos nos próximos dias.

Compartilhar nudes sem consentimento dá cadeia

Segundo o advogado criminalista Flávio Batistella, publicar, compartilhar, vender imagens e vídeos de sexo, nudez ou pornografia sem consentimento é crime e pode dar até cinco anos de prisão.

“Quem infringir a lei, seja por compartilhar na internet ou outros meios de comunicação, pode ir para a cadeia”. “O mesmo vale para quem divulgar cenas de estupro”, lembra o advogado, que atua em Araçatuba.

Ainda conforme Batistella, caso o criminoso tenha tido (ou tenha) relações íntimas com a vítima, a pena pode ser ainda maior.

“A prática, conhecida como pornô de vingança, pode resultar em uma pena até dois terços maior, de acordo com a lei”.

Até setembro do ano passado, casos assim podiam resultar em um processo e pagamento de multa por indenização, mas não eram claramente reconhecidos como crime pelo Código Penal brasileiro. “Agora, a situação é bem diferente e o criminoso pode passar um bom tempo atrás das grades”, observa o criminalista.

Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante

Fatalidade

Mãe tenta salvar o filho e os dois morrem afogados no interior de SP

Publicado em

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Mãe e filho que se afogaram na represa de Jurumirim, em Itaí (306 km de SP), na tarde de quinta (18), morreram depois de darem entrada no Pronto-Socorro de Avaré (265 km de SP).

Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Avaré, uma equipe foi acionada por volta das 16h30 para atender uma ocorrência de afogamento na represa, que é conhecida na região como Prainha do Itaí.

Quando chegaram, os bombeiros encontraram uma das vítimas já fora da água. Era Erick Miguel da Silva Alves, de 5 anos, que foi retirado por pessoas que estavam na represa Jurumirim. Uma médica, que também estava no local, ainda prestou os primeiros socorros na criança até a chegada da equipe do Samu.

Os bombeiros iniciaram então os trabalhos de mergulho em busca da outra vítima, a mãe da criança, Camila Bianca Pereira da Silva, de 24 anos, que estava grávida de sete meses. Ela foi encontrada e retirada da água pelos bombeiros.

Os dois foram levados em estado grave pelo Samu ao Pronto-Socorro de Avaré, mas acabaram não resistindo. A criança que ela estava esperando também morreu.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Avaré, Erick e o padrasto brincavam na água em uma profundidade de um metro e meio, quando o homem se desequilibrou, caiu em uma vala de mais de dois metros e meio de altura e soltou a mão do menino, que começou a se afogar.

A mãe, Camila Bianca, estava às margens da represa, viu o acidente e correu para a água para tentar socorrer o filho, mas acabou se afogando também.

O caso foi registrado pela Polícia Civil de Avaré, que investigará o acidente. Os corpos de Camila e Erick passaram por exame no no IML (Instituto Médico Legal) da cidade. Mãe e filho foram enterrados no Cemitério Municipal de Avaré.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

Plantão Policial

Foragido de penitenciária é capturado pela PM após bater na mulher em Araçatuba

Publicado em

Reinaldo Vieira da Costa era foragido da Penitenciária de Valparaíso (Regional Press)

O presidiário Reinaldo Vieira da Costa, que estava foragido da penitenciária de Valparaíso, foi capturado na noite de ontem (19) e preso em flagrante com base na lei Maria da Penha, acusado de agredir a mulher e uma criança, em Araçatuba.

De acordo com a Polícia Militar, o detento também é investigado por suspeita de participação em assaltos ocorridos em cidades da região.

A PM passou a seguir a pista do foragido após receber uma denúncia de agressão contra uma mulher e uma criança. A informação era de que o envolvido seria foragido de um presídio da região e que estaria usando nome falso.

PMs foram até o local da agressão, na Rua Rubens Massaroto, bairro São José, e o acusado não estava mais no local.

Por meio das características físicas e das roupas usadas, equipes da Polícia Militar passaram a procurar pelo suspeito, encontrado logo em seguida na Rua Ministro Arnaldo da Costa Pietro, residencial Beatriz.

Ao notar a aproximação de viaturas, ele tentou fugir, mas foi abordado. O acusado ainda tentou resistir e investiu contra os policiais, que o dominaram.

Indagado sobre a agressão, ele negou o crime e forneceu o nome do irmão. No entanto, por meio de pesquisas nos sistemas do Estado de São Paulo, os policiais apuraram que o detido tratava-se do foragido do presídio de Valparaíso.

De acordo com a PM, o preso foi reconhecido pela participação em roubos ocorridos em datas anteriores nas cidades de Braúna e Luiziânia, na região de Araçatuba.

Apresentado na Central de Flagrantes, Reinaldo Vieira da Costa foi autuado por violência doméstica e vai responder por roubo e desobediência.

Ele deverá ser encaminhado, neste sábado (20), para uma penitenciária de segurança máxima. A polícia vai apurar o envolvimento do preso em outros assaltos ocorridos na região.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

Região

Rapaz é preso pelo TOR com mais de mil porções de cocaína em ônibus na Rondon

Publicado em

Policiais militares do TOR encontraram mais de mil porções de cocaína em bagagem de passageiro (Foto: Divulgação/ PRv

Um rapaz de 24 anos, morador em Guararapes, foi preso com mais de mil porções de cocaína na noite desta sexta-feira (19), durante uma fiscalização do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Penápolis.

O acusado viajava em um ônibus de passageiros que seguia de São Paulo para Araçatuba. A abordagem ocorreu por volta das 20h, a cerca de 50 km da chegada.

Durante vistoria, patrulheiros do TOR encontraram 1004 sachês contendo cocaína na bagagem do passageiro L.F.S.

O acusado disse aos policiais que pegou a droga no terminal rodoviário da Barra Funda, em São Paulo, e a levaria para Araçatuba, onde o carregamento seria entregue para um desconhecido.

L.F.S. recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante na delegacia de plantão de Penápolis. O crime de tráfico de drogas prevê pena de 5 a 15 anos de prisão em caso de condenação.

A fiscalização ocorreu durante a “Operação Paixão de Cristo/Semana Santa 2019″.

Assista vídeo:

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

investigação

Policiais civis da Dise recuperam moto roubada em Araçatuba

Publicado em

Moto recuperada seria devolvida ao proprietário

Policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) recuperaram, nesta quinta-feira, uma motocicleta CG Titan que havia sido roubada na terça-feira passada, em Araçatuba. Um homem, suspeito de envolvimento no crime, foi preso.

A moto, uma CG 160 FAN, ano 2017, foi devolvida à vítima. O roubo ocorreu na avenida Flamboyant, ao lado do condomínio Delta Park.

O condutor da moto e sua acompanhante foram rendidos por dois homens também de moto, sendo um deles armado com facão e outro com uma arma de fogo.

Os criminosos levaram a moto e os celulares das vítimas. O caso continua sendo investigado pela Polícia Civil.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

©2018 Regional Press- Direitos Reservados | Vamos fazer um site? Logo RC Criativa