CONECTE CONOSCO

Atacado por Joice, Kim Kataguiri diz que articulação é catástrofe e que reforma morreu

Publicado em

Os dois, que foram aliados durante o processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT), bateram boca via Twiter - Foto: Reprodução Youtube


SÃO PAULO, SP, FOLHAPRESS  O barraco desta segunda-feira (25) no Congresso veio de uma troca de farpas entre a líder do governo Jair Bolsonaro no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), e o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), líder do MBL (Movimento Brasil Livre).

Ex-aliados durante o processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT), eles bateram via Twitter boca por causa da articulação política (ou falta dela). O clímax foi Joice chamando Kim, 23, de “moleque” e sugerindo que ele “pegue a chupeta e vá nanar”.

Kim falou à reportagem sobre o imbróglio. Ele critica a articulação do governo e diz que a reforma da Previdência morreu.

Folhapress – O que o sr. achou do tuíte da deputada Joice Hasselmann que o chama de moleque?
Kim Kataguiri – Quando entra no terreno da baixaria, prefiro não responder. Minha crítica é à articulação política do governo.

P – E qual sua avaliação?
KK – É uma catástrofe.

P – Por culpa de quem?
KK – É principalmente por causa do perfil do Bolsonaro, de não querer dialogar com o Congresso, de não querer receber parlamentares, de falar para todos os ministros fecharem as portas, de não escutar os projetos. Ou seja, de não fazer articulação republicana. O governo está tentando transformar a articulação em sinônimo de corrupção. Quando na verdade é escutar os projetos [dos parlamentares] para eventualmente encaminhar nos estados. Construir pontes, fazer hospitais, é legítimo também. Isso não tem nada a ver com corrupção.

P – Como o sr. avalia as escolhas dele para sua liderança no Congresso?
KK – Ele ficou traumatizado com o erro do major [Major Vitor Hugo, do PSL-GO, líder do governo na Câmara], que é um cara que não se impunha com os líderes, e aí acabou exagerando, tentando apagar o fogo com pólvora, nomeando a Joice.

P – Que consequência o estilo dela pode ter?
KK – O efeito que gera é que quanto mais parlamentares ela ataca, mais sentimento de corpo contra o governo gera nos outros parlamentares.

P – Com essa situação, qual o futuro da reforma da Previdência?
KK – A reforma encaminhada pelo governo morreu, não tem chance de ser votada e aprovada. Mas acho que também tem um senso de responsabilidade aqui de boa parte dos parlamentares. E mesmo a pressão dos governadores, que faz efeito. Acredito que talvez a gente retome o texto do Arthur Maia [relator da proposta apresentada no governo Temer], o que resolveria o problema a curto prazo da Previdência e ao mesmo tempo o centrão não seria derrotado.

P – Essa morreu por quê?
KK – Principalmente pela questão dos militares, mas pelo conjunto da obra. Pela falta de tato do governo. No caso dos militares, dizer que a economia vai ser de R$ 90 bi, quando na prática vai ser de R$ 10 bi.

P – Esses ataques da Joice são dela, ou vem uma ordem de cima, do Palácio?
KK – Eu acho que é a linha geral do governo, mas também vem ao encontro da personalidade dela.

P – Vocês tinham uma boa relação no passado, por exemplo durante o impeachment de Dilma, não?
KK – Sim. Estivemos juntos. Mas ela não reconhece que o trabalho dela não está funcionando. E há um sentimento de que a única direita possível é a do Bolsonaro. (Por Fábio Zanini)

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

emoção

Com mensagem, cantor Kevinho emociona fã internada com síndrome rara em Araçatuba

Publicado em

Essa terça-feira foi um dia diferente para a paciente Ediene Vicente dos Santos, uma garota de 13 anos que esteve internada por 4 meses na Unidade de Terapia Intensiva e agora já está em um dos quartos do hospital. Ela nasceu com a Síndrome de Vacterl, um mal que provoca a degeneração dos principais órgãos do corpo e no estágio atual ela depende de equipamentos e tratamento intensivo.

Fã do cantor Kevinho, Ediene foi surpreendida por uma mensagem que o cantor gravou especialmente para ela durante sua passagem pela Expô Araçatuba, onde se apresentou na sexta-feira (12/7). Levinho soube do caso de Edilene dias antes, por meio da assessoria de imprensa Rural Eventos, que foi procurada pelo médico intensivista e responsável pela UTI Geral, Luís Cláudio Lima para saber da possibilidade do cantor visitá-la no hospital.

A produção do artista ficou sensibilizada com o caso, mas não pode confirmar a visita pois na mesma data, após o show na Expô Araçatuba, Kevinho voaria para Belo Horizonte para outra apresentação. Mas, o cantor gravaria uma mensagem para Ediene.

Na manhã desta terça-feira, a equipe da Santa Casa de Araçatuba se reuniu para levar a surpresa para Ediene. Vejam como foi emocionante.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

educação

Matrículas estão abertas para cursos de EJA do 2º semestre

Publicado em

Cidadãos fora da idade escolar que pretendem retomar os estudos ainda podem se inscrever para as aulas do segundo semestre na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas escolas da rede estadual de São Paulo.

O ciclo referente ao Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), com duração de quatro semestres, é aberto a estudantes com idade mínima de 15 anos. Já o Ensino Médio (1ª a 3ª série) está voltado a candidatos acima de 18 anos e pode ser concluído em três semestres.

Procedimentos

Atualmente, a rede estadual conta com 190 mil alunos de EJA matriculados em 1.100 escolas de todo o Estado. O cadastro pode ser feito em qualquer escola da rede, porém é necessário estar atento, pois a unidade em que ocorrerão as aulas pode ser outra.

Por isso, é indicado que, uma semana antes do início das aulas, o aluno retorne à escola em que foi feito o cadastro para confirmar horário e endereço de onde irá estudar. Para inscrição, o interessado deve apresentar documento de identidade (certidão de nascimento e RG) e comprovante de residência e, se houver, o histórico escolar.

No caso de alunos com menos de 18 anos, o cadastro deve ser feito pelos pais ou responsáveis. Na EJA, o projeto pedagógico prevê, além do currículo oficial, atividades que dialoguem com a vida profissional e cotidiano dos alunos. O início do segundo semestre na rede estadual está marcado para o dia 31 de julho.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

educação

Vestibulinho: Etecs divulgam lista de classificação geral dos candidatos

Publicado em

A lista dos classificados no processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) para o segundo semestre de 2019 já está disponível para consulta na internet a partir desta terça-feira (16). Vale destacar que a informação também será divulgada na unidade em que o candidato pretende estudar.

A relação inclui quem se inscreveu nos cursos técnicos (presencial, semipresencial e on-line), no primeiro termo do Ensino Técnico Integrado ao Médio na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), no processo de avaliação e certificação de competências para acesso direto às vagas remanescentes do segundo módulo e para os cursos de especialização técnica.

Matrículas

As listas dos convocados somente serão divulgadas na unidade onde o candidato deseja estudar. Por isso, cabe a ele acompanhar a convocação. Os convocados devem fazer a matrícula, no horário definido pela unidade de ensino, nos dias especificados a seguir, desde que não seja feriado municipal na cidade onde a Etec está localizada.

Calendário para matrícula:

– 17 e 18 de julho: 1ª lista de convocação e matrícula;
– 19 de julho: Divulgação da 2ª lista de convocação;
– 22 e 23 de julho: Matrícula da 2ª lista dos convocados.

Se as vagas não forem preenchidas após a segunda chamada, outras listas poderão ser divulgadas na Etec. Também caberá ao candidato comparecer na unidade onde quer estudar para acompanhar a convocação.

Documentos

A matrícula dos convocados em todas as modalidades dependerá da apresentação dos seguintes documentos: requerimento de matrícula – será fornecido pela Etec – preenchido e assinado. Se o candidato tiver menos de 16 anos no momento da matrícula, caberá a seu responsável legal assinar o documento; cópia simples com apresentação do original de um dos seguintes documentos:  cédula de identidade (RG) ou da cédula de identidade de estrangeiro (RNE) ou da carteira nacional de habilitação, com foto e dentro da validade, ou do documento expedido por ordem ou conselho profissional, como OAB, Crea, Coren e CRC. Em caso de perda ou roubo, apresentar original e cópia simples de boletim de ocorrência policial ou declaração de extravio e certidão de nascimento ou casamento;

É preciso também levar cópia simples com apresentação do original do CPF, cópia e original da certidão de casamento ou nascimento, e duas fotos 3×4 recentes e iguais.

1º módulo dos cursos técnicos

A matrícula dos convocados dependerá da apresentação de um dos seguintes documentos: cópia simples com apresentação do original do histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Médio ou documento original da declaração de conclusão do Ensino Médio assinada por agente escolar da escola de origem ou ainda original da declaração que está matriculado a partir da segunda série do Ensino Médio.

Quem concluiu ou estiver estudando o Ensino de Educação de Jovens e Adultos – EJA (supletivo) ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – Encceja deve levar cópia simples com apresentação do original de um dos seguintes documentos:  histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Médio ou declaração de que está matriculado a partir do segundo termo da EJA, ou dois certificados de aprovação em áreas de estudo na EJA, ou boletim de aprovação do Encceja emitido e enviado pelo MEC, ou certificado de aprovação do Encceja em duas áreas de estudos avaliadas, emitido e enviado pelo MEC, ou documento que comprove a eliminação de no mínimo quatro disciplinas; ou documento original da declaração de conclusão do Ensino Médio, firmada pela direção da escola de origem, contendo a data em que o certificado e o histórico serão emitidos, ou  da declaração que está matriculado a partir do segundo semestre da EJA.

Para o candidato que realizou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até 2016 – certificado ou declaração de conclusão do Ensino Médio, expedido pelos Institutos Federais ou pela Secretaria de Educação do Estado.

O candidato que ingressou no Sistema de Pontuação Acrescida pelo item escolaridade pública deverá, obrigatoriamente, levar a cópia simples com apresentação do original da declaração escolar ou do histórico escolar, contendo o detalhamento das séries cursadas e o nome da escola, para comprovar que cursou integralmente da 5ª a 8ª série ou do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental em instituições públicas.

Curso técnico de Enfermagem

Os candidatos do curso técnico de Enfermagem precisam apresentar documentação original e cópia de conclusão do Ensino Fundamental – histórico escolar com certificado de conclusão ou declaração assinada por agente escolar e declaração de matrícula na 2ª série do Ensino Médio ou histórico escolar com certificado de conclusão do ensino médio ou declaração de conclusão do ensino médio.

Vagas remanescentes do 2º módulo

Para efetivar a matrícula, o candidato deverá apresentar: requerimento de matrícula – fornecido pela Etec; duas fotos 3×4 recentes e iguais; cópia simples e apresentação do original de um dos seguintes documentos: cédula de identidade (RG),  cédula de identidade de estrangeiros (RNE), carteira nacional de habilitação dentro da validade com foto ou documento expedido por ordens ou conselhos profissionais (exemplo: OAB, Coren e Crea, entre outros), CPF; cópia simples com apresentação do original da certidão de nascimento ou casamento, cópia simples com apresentação do  original do histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Médio regular ou equivalente (EJA/Encceja) ou documento original da declaração de conclusão do Ensino Médio, assinada por agente escolar da escola de origem.

Para o candidato que fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – certificado ou declaração de conclusão do Ensino Médio, expedido pelos Institutos Federais ou pela Secretaria de Educação do Estado correspondente.

1º termo do Ensino Técnico Integrado ao Ensino Médio na modalidade EJA

O candidato deverá apresentar também uma cópia simples, acompanhada do original, do histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Fundamental, ou o original da declaração de conclusão do Ensino Fundamental, assinada por agente escolar da escola de origem, com data de entrega do histórico escolar com certificado de conclusão.

Cursos de especialização

Para efetivar a matrícula, o candidato deverá apresentar: requerimento de matrícula – fornecido pela Etec; duas fotos 3×4 recentes e iguais; fotocópia e original de documento de identidade (RG) ou cédula de identidade de estrangeiros (RNE), dentro da validade, ou carteira nacional de habilitação dentro da validade com foto ou documento expedido por ordens ou conselhos profissionais (exemplo: OAB, Coren e Crea, entre outros); fotocópia e apresentação do original do CPF; cópia simples com apresentação do original da certidão de nascimento ou casamento, histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Técnico regular ou equivalente conforme lista disponível na internet, fotocópia simples com apresentação do original ou declaração de conclusão do Ensino Técnico equivalente, documento original, assinado por agente escolar da escola de origem.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
85