Connect with us

EUA

Casa Branca analisa opções para construir muro sem Congresso

A porta-voz assinalou que "qualquer ação" decidida pelo líder da Casa Branca "será legal"

Publicado

em



A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, assegurou, nesse domingo (6), que a administração Trump está explorando “todas as opções possíveis” para que o presidente dos EUA possa construir o muro fronteiriço sem os recursos do Congresso.

“O presidente está preparado para fazer o que seja necessário para proteger as nossas fronteiras, para proteger as pessoas deste país”, declarou Sanders ao canal de TV Fox News, quando respondia à eventualidade de o chefe de estado americano ordenar a construção do muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México com fundos destinados a construções militares.

Sanders assinalou que “estão sendo procuradas e exploradas todas as opções disponíveis que o presidente tem”. A porta-voz assinalou que “qualquer ação” decidida pelo líder da Casa Branca “será legal”.

Por sua vez, Donald Trump já admitiu a eventualidade de declarar o estado de emergência nacional. “Posso decidir a emergência nacional, dependendo do que ocorrer nos próximos dias”, declarou aos jornalistas antes de partir para Camp David, a residência presidencial situada nos arredores da capital federal Washington.

O desacordo ente Trump e os democratas, agora com maioria na Câmara dos representantes, sobre os fundos necessários para construir o muro na fronteira com o México mantém a administração dos EUA num encerramento parcial (‘shutdown’) desde 22 de dezembro.

Esse ‘shutdown’ abrange diversos departamentos e cerca de 800.000 dos 2,1 milhões de funcionários federais. “Não gosto de fazer isto, não me divirto a fazer isto”, afirmou Trump numa referência à paralisação administrativa, mas assinalou que foi eleito para “proteger” os Estados Unidos.

Trump disse que anteriores presidentes não tiveram a “coragem” para construir o muro, nem para decidir a transferência da embaixada dos EUA de Telaviv para Jerusalém.

Desde a sexta-feira passada que o presidente ameaçava declarar uma situação de emergência nacional para ordenar a construção de um muro fronteiriço com o México sem a necessidade da aprovação de fundos por parte do Congresso.

“Podemos declarar uma emergência nacional e construí-lo muito rapidamente. Não o fiz, mas talvez o faça. Mas também podemos fazê-lo através de uma negociação, não vamos inventar”, argumentou Trump na ocasião.

O vice-presidente, Mike Pence, a secretária da Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen, e Jared Kushner, genro e assessor do presidente, se reuniram no sábado com os líderes democratas, mas sem obterem qualquer progresso. Para esse domingo estava previsto um novo encontro.

Este é a terceira paralisação administrativa que Trump enfrenta, tendo a primeira sido em janeiro de 2018 e durado três dias, e a segunda em fevereiro, apenas por algumas horas. Com informações da Lusa.

Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante

Chile

“Cada um deve responder por seus atos”, diz Bolsonaro sobre Temer

A afirmação se refere à risão do ex-presidente da República

Publicado

em

Reuters/Esteban Garay/Direitos reservados

Ao desembarcar hoje (21) em Santiago, no Chile, para participar da Cúpula Presidencial de Integração Sul-americana, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que “cada um deve responder por seus atos” e que a “Justiça nasceu para todos” referindo-se à prisão do ex-presidente Michel Temer ocorrida em um desdobramento da Operação Lava Jato.

“A Justiça nasceu para todos e cada um responda pelos seus atos. O que levou a essa situação, pelo que parece, são os acordos políticos dizendo-se em nome da governabilidade. A governabilidade você não faz com esse tipo de acordo, no meu entender. Você faz indicando pessoas sérias e competentes para integrar o seu governo, é assim que eu fiz no meu governo, sem o acordo político, respeitando a Câmara e o Senado brasileiro”, afirmou Bolsonaro.

Temer é suspeito de ter recebido propina por meio de um contrato de empreiteiras com a Eletronuclear, estatal responsável pela construção da usina nuclear de Angra 3. Na opinião de Bolsonaro, acordos políticos em nome da governabilidade levaram à essa situação.

Bolsonaro permanece no Chile até sábado (23).

Agenda

Bolsonaro chegou à capital chilena por volta das 16h e tem uma extensa agenda até sábado. Amanhã (22) haverá um encontro com os presidentes de Argentina, Peru, Colômbia, Paraguai, Equador e Chile, que ocorrerá amanhã. No dia 23, ele se reúne em um encontro bilateral com o líder anfitrião, Sebastian Piñera.

O destaque do encontro será o lançamento do Prosul, nova comunidade de países latino-americanos que deverá substituir a União das Nações Sul-Americanas (Unasul). O Prosul será formado por 12 países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Costa Rica, Nicarágua, Panamá e República Dominicana.

“É uma satisfação visitar o Chile, tenho profundo respeito pelo povo chileno, pelo presidente Piñera. Trataremos de assuntos de interesse dos nossos países, esse é o grande objetivo da nossa viagem, além de, com toda certeza, selarmos aqui o fim da Unasul. A América Latina toda deve se unir em cima do termo democracia, liberdade e prosperidade”, afirmou Bolsonaro.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

leste da China

Explosão em parque industrial deixa mortos e feridos na China

Acidente em fábrica de pesticidas deixou 6 mortos e 30 feridos na cidade de Yancheng, no leste do país.

Publicado

em

Uma explosão em uma fábrica de pesticidas, em um parque industrial na cidade de Yancheng, no leste da China, matou seis pessoas e deixou 30 gravemente feridas nesta quinta-feira (21), disseram autoridades e a mídia estatal.

Entre os feridos estão crianças de uma escola de educação infantil, que fica perto do local do acidente.

Na manhã desta quinta, equipes de resgate trabalhavam no local. A mídia estatal afirmou que as autoridades investigam a causa da explosão.

A insatisfação pública sobre os padrões de segurança de acidentes industriais tem aumentado na China. Com o rápido crescimento econômico, cresceram o número de ocorrências que vão desde desastres de mineração até incêndios em fábricas.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

visita aos EUA

Trump diz que atuará para incluir Brasil na OCDE

Publicado

em

Em encontro na Casa Branca com o presidente Jair Bolsonaro, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje (19) que apoia os esforços do Brasil para integrar a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Também afirmou que as negociações entre os dois países devem avançar nas áreas de segurança militar e do comércio.

“Estamos trabalhando com várias questões militares e questões dos vistos para funcionar melhor, o Brasil produz ótimos produtos e nós também. Acredito que o comércio vai aumentar substancialmente entre os dois países”, ressaltou Trump, presenteado por Bolsonaro com uma camisa da seleção brasileira de futebol.

O presidente norte-americano afirmou que Estados Unidos e Brasil vivem um momento único na relação bilateral. “O relacionamento que temos agora com o Brasil nunca foi melhor. Não temos hostilidade alguma com o Brasil. Vamos ver Otan [Organização do Tratado do Atlântico Norte]. Temos uma grande aliança com o Brasil, como jamais tivemos.”

Para Trump, a campanha de Bolsonaro à Presidência da República foi emblemática. “[Bolsonaro] liderou uma das campanhas mais impressionantes dos últimos tempos, lembrou também a minha”, disse. “O Brasil e os Estados Unidos nunca tiveram tão próximos quanto estão agora.”

Questionado sobre a questão da Venezuela, Trump disse que a crise no país sul-americano seria tema da conversa com Bolsonaro. Ele indicou que “todas as opções” estão sobre a mesa, inclusive a intervenção militar na região. O governo brasileiro já sinalizou ser contrário à intervenção.

Expectativas

Durante o encontro, Bolsonaro mencionou sua satisfação por se reunir com Trump. “É uma satisfação estar nos Estados Unidos, depois de algumas décadas de alguns presidentes antiamericanos, o Brasil mudou a partir de 2019.”

Bolsonaro disse que a reunião com Trump é significativa para brasileiros e norte-americanos. Segundo ele, ambos têm muito em comum.

“Temos muito a conversar e muita coisa a oferecer para os bem dos nossos povos. Tenho muita coisa em comum com o senhor Trump. Isso é para mim motivo de orgulho e satisfação. Ele quer uma América grande e eu quero um Brasil grande. A partir deste momento o Brasil estará mais do que nunca engajado com os nossos Estados Unidos.”

Questionado se em algum momento imaginou que se reuniria com Trump, Bolsonaro respondeu: “É um milagre estar vivo”.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

CASO RARÍSSIMO

Mulher nos EUA dá à luz 6 bebês em 9 minutos

Thelma Chiaka teve dois pares de gêmeos do sexo masculino e um par do sexo feminino, com pesos variando de 800 gramas a 1,3kg

Publicado

em

A norte-americana Thelma Chiaka deu à luz, na última sexta (15), seis bebês em uma maternidade de Houston, no Texas (EUA).

Segundo o Page Not Found, do jornal “Extra”, o parto dos seis bebês durou apenas 9 minutos, num caso que ocorre a cada 4,7 bilhões de nascimentos.

Chiaka teve dois pares de gêmeos do sexo masculino e um par do sexo feminino, com pesos variando de 800 gramas a 1,3kg.

Segundo o “Chronicle”, a mãe e os sêxtuplos estão saudáveis e recebem cuidados no centro de tratamento intensivo neonatal do Woman’s Hospital of Texas.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

©2018 Regional Press- Direitos Reservados | Vamos fazer um site? Logo RC Criativa