Connect with us

Motim

Seis pessoas permanecem reféns durante rebelião em presídio de Taubaté

Publicado

em



Quatro religiosos e dois agentes penitenciários permanecem reféns na tarde de hoje (9) no Centro de Detenção Provisória de Taubaté. O motim começou na tarde de ontem (8) na unidade localizada no interior paulista.

Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária de São Paulo, durante a manhã de hoje, dois religiosos foram liberados.

No total, 11 membros de entidades ligadas a igrejas foram tomados como reféns. São pessoas que trabalham com as confissões evangélicas Deus é Amor, Cristo é Luz é Vida, Capelania de Taubaté e Assembleia de Deus.

A unidade prisional Doutor Félix Nobre de Campos tem capacidade para 844 detentos, mas abriga atualmente 1.512 pessoas.

Deixe sua opinião

Fonte: Agência Brasil
Anunciante

flagrante

Dise prende homem com tablete de maconha e materiais usados no tráfico, em Araçatuba

Publicado

em

Um homem de 54 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas, nesta quinta-feira (21), em Araçatuba.

E.L. foi surpreendido com meio tablete de maconha, uma porção grande e um pote plástico repleto da mesma droga, além de centenas de pinos plásticos vazios e R$ 20 em dinheiro.

A ação foi realizada por policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) na Rua Antenor Teodoro Vieira, residencial Beatriz, onde mora o acusado.

Os policiais chegaram ao acusado após investigação sobre o esquema de tráfico de drogas no bairro.

A Dise ainda recolheu um liquidificador e uma peneira com resquício de uma substância que seria cocaína. Os pinos plásticos apreendidos são normalmente usados para acondicionar cocaína vendida no varejo.

O indiciado seria apresentado em audiência de custódia no Fórum de Araçatuba nesta sexta-feira (22). Se condenado, poderá pegar de 5 a 15 anos de prisão.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

DIG prende homem acusado de roubar caminhão e manter motorista em cativeiro

Publicado

em

Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) prenderam na manhã desta quinta-feira um homem de 35 anos acusado de ter sido o autor do assalto contra o motorista de um caminhão que transportava 15 mil litros de etanol, e manter a vítima em cativeiro em uma chácara na zona rural de Araçatuba, no dia 4 de fevereiro. Em entrevista ao Regional Press, o caminhoneiro contou detalhes do drama que viveu no dia do assalto.

O delegado titular da DIG, Antônio Paulo Natal estava acompanhado por uma investigadora, em diligências para investigação do caso, quando encontrou o homem saindo em uma Parati branca, na rua Salim Pedro Abujamra, bairro Ipanema.

O delegado seguiu o veículo e ao confirmar que era o acusado que estava ao volante, fez a abordagem e prendeu o homem e levou para a delegacia para prestar depoimentos, que durou até o período da tarde. Ele estava com o mesmo veículo utilizado no dia do assalto para armar a emboscada que interceptou o caminhoneiro.
O delegado explicou que o caminhoneiro ficou detido com base em uma prisão temporária. A DIG continua investigando o caso para apurar a participação de outras pessoas.

O caminhoneiro contou à reportagem do Regional Press que no dia do assalto ele havia carregado o caminhão com etanol em uma usina em Bento de Abreu e seguia por uma estrada de terra quando se deparou com uma Parati obstruindo o caminho, com o capô aberto e um homem próximo ao motor.

Ele parou o caminhão para tentar ajudar a retirar o carro do meio da estrada para poder passar, quando foi abordado pelos bandidos que anunciaram o assalto, dizendo a ele que só queriam a carga e que se tudo desse certo, nada iria acontecer com ele.

Na sequência o homem foi amarrado com enforca gato e jogado no porta-malas do carro. Bandidos fugiram com o caminhão e levaram o motorista para um cativeiro em uma chácara no bairro rural Engenheiro Taveira. Onde ficou até a noite.

Ele foi retirado do cativeiro e deixado amarrado com fios e uma carapuça na cabeça no meio de um canavial próximo a lagoa 3x, na rodovia Elieser Montenegro Magalhães. O caminhão foi encontrado abandonado na região de Piacatu.

RECEPTAÇÃO

A Justiça de Birigui decretou a prisão preventiva do empresário Walter André Gomes Neto, dono da rede de postos W, que tem unidades em Araçatuba e Santópolis do Aguapeí. O pedido foi feito pela Polícia Civil, com concordância do Ministério Público.

O empresário, que é de Osasco (SP), é considerado foragido. A investigação começou com o roubo Do caminhão com cerca de 15 mil litros de etanol. A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba apurou que o combustível roubado havia sido levado para o posto do empresário em Santópolis.

Um dia após o crime, investigadores da DIG e do GOE (Grupo de Operações Especiais) de Araçatuba cumpriram mandados de busca nos postos da rede na região. Na ocasião, um frentista, que trabalhava em Araçatuba, um motorista da rede e o gerente da unidade de Santópolis foram presos em flagrante por receptação. O empresário não foi localizado. Os funcionários admitiram que sabiam da origem ilícita do produto.

A Polícia Civil concluiu o inquérito e representou pela prisão do empresário, o que foi acatado na quinta-feira passada (14). A Justiça também decretou a prisão preventiva (por tempo indeterminado) dos três presos em flagrante. O trio permanece no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Nova Independência.

De acordo com a Justiça, pela análise das provas colhidas na fase policial, restou apurado de que há indícios de que o empresário Walter André Gomes Neto seja receptador habitual de combustíveis e que utiliza sua rede de postos para cometer delitos desta natureza.

“Mantendo o réu em liberdade poderia ele facilmente se esquivar da aplicação da lei penal, tendo em vista que sua conduta demostra hierarquia e comando sobre a atividade dos demais agentes, os quais estão custodiados”, escreveu o juiz ao decretar a prisão do empresário com base no crime de receptação qualificada.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Guararapes (sp)

Polícia apreende pássaros nativos, espingarda e munições em sítio

Publicado

em

Foto: Arquivo pessoal

A Polícia Civil apreendeu 49 pássaros de espécies nativas, uma espingarda e munições em um sítio em Guararapes (SP), na manhã desta quarta-feira (20).

Segundo informações da polícia, as aves, que eram mantidas em gaiolas sem autorização do Ibama, foram levadas para a delegacia da Polícia Ambiental e depois soltas em uma mata da cidade.

Ainda de acordo com a polícia, o dono do sítio foi multado em R$ 23 mil, confessou o crime e foi liberado.

A arma foi encaminhada para a perícia e um boletim de ocorrência foi registrado como crime ambiental e posse de arma.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Abuso sexual em SP

Polícia Civil prende suspeito de estuprar as próprias filhas

Publicado

em

Imagem Ilustrativa

A Divisão de Vigilância e Capturas do DECADE, da Polícia Civil, prendeu nesta quarta-feira (20), no bairro do Itaim Paulista, zona leste da capital, um homem de 52 anos, suspeito de cometer os crimes de estupro e estupro de vulnerável contra suas próprias filhas, sendo uma maior e duas menores de idade. Uma das meninas, inclusive, é portadora de síndrome de Down e teria apenas 11 anos de idade na época em que os fatos teriam ocorrido.

O suspeito já era procurado por violência doméstica, inclusive havia contra ele uma medida protetiva solicitada por sua ex-mulher. Segundo ela, o homem era “altamente agressivo” e constantemente a ameaçava de morte.

Familiares também relataram que, uma das filhas, a maior de idade, morreu em maio do ano passado em razão das agressões.

De acordo com eles, após ser estuprada pelo própria pai, a jovem tornou-se introspectiva, passou a recusar alimentação, adquiriu anemia e faleceu em função desta frágil condição fisiológica.  O suspeito encontra-se agora sob prisão preventiva enquanto aguarda julgamento.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

©2018 Regional Press- Direitos Reservados | Vamos fazer um site? Logo RC Criativa