Cartão de Visita Rocca

Policiais civis da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba prenderam esta semana um profissional liberal que tentou entrar em uma escola particular no centro de Araçatuba para pegar a filha, a qual ele tinha impedimento judicial de se aproximar.

O fato ocorreu na sexta-feira (6). Na ocasião, o homem, de estatura alta e descendência oriental, foi detido por policiais militares e guardas municipais após agredir uma funcionária e um segurança da unidade escolar e causar tumulto na saída da escola.

Com o incidente, a Justiça de Araçatuba decretou a prisão preventiva do acusado, cujo nome não foi divulgado para preservar a identidade da filha.

Ele foi preso em Jales na última terça-feira em uma ação da DIG.

Segundo a polícia, ele mantém uma empresa naquela cidade e outra, do mesmo ramo de atividade, em Araçatuba.

A polícia também apreendeu arma e munição na residência do profissional liberal. O preso foi encaminhado para uma cadeia da região.

Ele vai responder pela posse da arma e munições e por desobedecer determinação da Justiça.

Leia Mais:

Pai de aluna tenta invadir escola particular, agride funcionários e é detido por PMs e guardas

Oque você acha disso?