Fique Conectado

Consórcio apresenta projeto para assumir iluminação pública de Birigu​i

Publicado

em

Anunciante

O consórcio formado pelas empresas Brasiluz & ASG protocolou na prefeitura de Birigui um requerimento para elaboração de estudos para modelagem da parceria público privada (PPP) para gestão dos serviços de iluminação pública. O consórcio atua no Centro-Oeste brasileiro e pretende ampliar a atuação na região Noroeste Paulista.

As empresas que integram o consórcio também possuem larga experiência em outras áreas. A Brasiluz é uma empresa de energia do grupo CLD, que atua na concessão de iluminação pública em várias localidades do país. A CLD integra um dos dois consórcios que disputam a fase final do processo licitatório da maior PPP – gestão de Iluminação Pública, da América, na cidade de São Paulo, com 670 mil pontos com investimentos de R$ 2 bilhões, iniciando as melhorias pela periferia até chegar a região central da Capital.

A parceria das empresas surgiu na atividade da engenharia no final da década de 90. Atualmente atuam no Centro-Oeste do país e identificaram o Noroeste Paulista pela atuação regional da ASG. As empresas que integram o consórcio que apresentaram a PMI em Birigui são paulistas, e a ASG tem sede em Araçatuba.

O diretor da Brasiluz, dr. Renato Roset, diz que “a manifestação pública de interesse – PMI é um procedimento administrativo consultivo que permite a Administração Pública conceder a oportunidade para que a iniciativa privada, por conta e risco, elaborem modelos visando à Modelagem (estruturação) da delegação de serviços de utilidades públicas”.

Por meio do procedimento, a Administração Pública analisa a proposta e decide o interesse de elaborar o chamamento público para que os eventuais interessados sejam autorizados a apresentar estudos e projetos específicos, conforme diretrizes predefinidas, que serão úteis na elaboração do edital de licitação pública e ao respectivo futuro contrato.

Porém, isso não significa que o modelo apresentado terá de ser seguido 100% pelo Executivo, além de existir a possibilidade do município adotar sugestões conjuntas de diversas propostas apresentadas para uma futura parceria público privada.

Roset ainda lembra que, “a adoção da PMI é a parceria no momento mais atraente pelo poder público. De acordo com o especialista, o procedimento não vincula a administração e nem é obrigatório. No entanto, sua implantação pode gerar benefícios a todos, ao poder público, pela oportunidade de reunir dados e projetos sem o comprometimento de seu orçamento; aos interessados em participar da contratação, pela chance de apresentarem propostas mais atraentes; e à coletividade, pela diminuição dos riscos e gastos provenientes da desinformação”.

O Gerente de Engenharia da ASG, doutor em engenharia civil Valério França, explica que, “trata-se de uma PPP a longo prazo e a concessionária fica responsável por todo o sistema. Por este motivo, ao contrário das licitações convencionais, onde se prioriza o menor preço muitas vezes prejudicando a qualidade, as empresas utilizam produtos de primeira linha, que nem sempre possuem o menor preço, mas por outro lado, são mais eficientes e têm vida útil prolongada”.

“Outras vantagens para o município são, sistema moderno e eficiente de iluminação pública, o que gera mais conforto e segurança aos munícipes, economia de no mínimo 60% no consumo de energia, aumento na vida útil das lâmpadas, gerenciamento de todo o sistema por meio de uma central e índice do nível de apagamento do sistema de no máximo 1%”, afirma.

Recentemente, o serviço de Iluminação Pública (IP) vem ganhando projeção nos debates sobre políticas públicas, impulsionado por diversos fatores, dentre os quais se destacam a evolução da tecnologia, a busca por eficiência no consumo de energia, e, no Brasil, as recentes alterações normativas da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que reforçou a responsabilidade municipal pelo serviço de IP (especificamente, as atividades de instalação, financiamento, operação e manutenção do sistema de IP).

Em setembro de 2010, a ANEEL publicou a Resolução Normativa nº 414, que proibiu as empresas distribuidoras de energia elétrica de prestarem o serviço de operação e manutenção do sistema de iluminação nas vias públicas dos municípios.

Oque você acha disso?

Araçatuba

Sétima turma do Time do Emprego 2017 é iniciada

Durante o curso também serão prestados os serviços de emissão de carteira de trabalho e emissão de segunda via

Publicado

em

Em 2017, o programa já formou seis turmas com a participação de 120 pessoas.

A Prefeitura de Araçatuba, em parceria com a Secretaria Estadual de Emprego e Relações do Trabalho, iniciou, na tarde de terça-feira (21), a sétima turma do programa do Time do Emprego: um projeto de orientação e apoio ao trabalhador maior de 16 anos, desempregado ou que busca sua primeira ocupação remunerada.

O programa será dividido em 11 encontros de 3 horas por dia e seu objetivo é ajudar cada participante a conquistar seu lugar no mercado de trabalho, motivando-o a desenvolver suas próprias habilidades.

“Neste Time do Emprego haverá uma novidade: uma empresa de Araçatuba realizará um processo seletivo com 100% dos alunos acima de 18 anos e que tenham o ensino médio completo. A chance de conseguir um emprego é grande”, conta o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho, Erik Carneiro.

Estão inscritas nos encontros pessoas de todas as idades, o que proporciona a troca de experiências e de novas visões, tendo como exemplos o mais jovem da turma, Jonathan Oliveira Seabra (foto), de 16 anos, e a mais velha, Neide Maximiano de Almeida, de 53.

Em 2017, o programa já formou seis turmas com a participação de 120 pessoas. “Após cada formatura, cerca de 30% dos inscritos já conseguem entrar no mercado de trabalho por meio de ação direta do Time do Emprego”, declara Erik.

As reuniões serão dirigidas por Sebastião Alves e Miguel Sábio, dois profissionais treinados para a função. O conteúdo será ministrado às 15 pessoas inscritas e todas terão direito ao recebimento de um kit, contendo: bolsa, apostilas, caderno de atividades, caderneta, lápis e borracha. Os encontros acontecerão na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho (SMDERT), situada na Rua Gonçalves Ledo, 800.

Durante o curso também serão prestados os serviços de emissão de carteira de trabalho e emissão de segunda via.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Acidente

Caminhão derruba cabos de telefonia no bairro Icaray, em Araçatuba

Publicado

em

Cabos foram derrubados por caminhão na rua Osvaldo de Andrade com avenida da Saudade (Fotos: Arnaldo Alves)

Um caminhão derrubou cabos de telefonia e de internet no cruzamento da avenida da Saudade com a rua Osvaldo de Andrade, no bairro Icaray, em Araçatuba.

O incidente ocorreu por volta das 17h desta sexta-feira. Funcionários de uma padaria colocaram cadeiras para sinalizar o local e evitar acidentes na rua Osvaldo de Andrade.

A concessionária de energia foi acionada e afirmou que não houve danos em fios eletrificados. Os cabos foram atingidos pela carroceria de uma carreta.

O veículo não está mais no local. A Guarda Municipal foi acionada para orientar o trânsito naquele trecho.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

investigação

Homem é encontrado morto dentro de represa em Rio Preto

Corpo foi localizado perto do complexo da Swift e a vítima seria um morador de rua.

Publicado

em

Bombeiros durante o trabalho para localizar a vítima (Foto: Cristian Marques/Arquivo Pessoal)

Um homem foi encontrado morto na Represa Municipal de São José do Rio Preto (SP) na tarde desta sexta-feira (24). O corpo foi localizado perto do complexo da Swift e a vítima seria um morador de rua.

A vítima ainda não foi identificada. De acordo com informações dos bombeiros, uma equipe foi chamada por volta das 10h por causa de uma ocorrência de afogamento. O corpo foi localizado após as 14h.

Os bombeiros não souberam informar se ele morreu afogado ou se já estava morto. Segundo informações da polícia, a vítima se envolveu em uma briga com outro morador de rua. A perícia foi acionada e as causas serão identificadas.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante Sou Mais Familia

MAIS LIDAS DO DIA