Fique Conectado

Birigui ganha seu primeiro “parklet” na região central da cidade

Publicado

em

Anunciante

Birigui ganhou nesta sexta-feira, dia 19 de maio, seu primeiro “parklet”, área ao lado das calçadas, onde são construídas estruturas a fim de criar espaços de lazer e convívio onde anteriormente havia vagas de estacionamento de carros. A novidade foi instalada na rua Barão do Rio Branco, 688, Centro, em frente a um restaurante que abriu suas portas em Birigui.

A instalação de “parklets” na cidade é regulamentada pelo Decreto nº 5.838/2017, de autoria do prefeito Cristiano Salmeirão. “Queremos humanizar e democratizar o uso da rua, tornando-a mais atrativa e convidativa, além de provocar uma reflexão sobre a cidade que queremos habitar. Essa iniciativa deve tornar possível uma nova política pública de urbanismo”, comentou o prefeito Cristiano Salmeirão.

Os “parklets” surgiram nos Estados Unidos, em 2005, com o objetivo de gerar uma discussão sobre a igualdade do uso do solo. No Brasil, o conceito surgiu em 2012 e o primeiro ‘parklet’ foi instalado no ano seguinte. “Birigui segue o exemplo de grandes centros, que buscam, através de uma extensão da calçada, oferecer um espaço público de lazer e convivência”, diz o prefeito.

O chefe do Executivo disse que fez um desafio ao empresário que abriu o restaurante em Birigui. “Eu brinquei com o proprietário dizendo que só comeria no restaurante se ele instalasse um ‘parklet’ na rua Barão do Rio Branco. Ele estudou a ideia e implantou, oferecendo um espaço de convívio para todos. A custo zero para a administração a cidade conseguiu um novo espaço de convívio para os munícipes”, falou Salmeirão.

O prefeito fez questão de lembrar que os “parklets” são plenamente acessíveis ao público, sendo vedada, em qualquer hipótese, a utilização exclusiva para seu mantenedor. “O espaço fica disponível à sociedade 24h por dia, nos 7 dias da semana, assim como uma calçada. Quem quiser usar não precisa consumir no restaurante”, explicou o prefeito de Birigui.

O espaço criado na rua Barão do Rio Branco está nivelado com a calçada, sendo acessível aos cadeirantes e portadores de deficiência.

O “parklet” pode ser implantado por pessoa física, jurídica ou pelo poder público. “Acredito que este seja o primeiro de vários que serão instalados em Birigui. Estamos visando democratizar os espaços e melhorar a convivência entre todos”, comentou o chefe do Executivo, que pretende realizar uma reunião com a Associação Comercial e Industrial de Birigui (Acib) para detalhar o conceito aos interessados.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentado, Juliano Salomão, disse que outros empresários da cidade já mostraram interesse em instalar “parklet”. “Já estamos mantendo contato com outros interessados. Este espaço de acolhimento ao público só irá trazer benefícios aos usuários, já que pode ser usado por qualquer cidadão, em qualquer horário”, salientou.

PEDIDO – O interessado em solicitar a instalação de “parklet” em Birigui deve protocolar pedido na Seção de Protocolo da Prefeitura de Birigui (Praça James Mellor, Centro, sede da Prefeitura Municipal). O atendimento ao público acontece das 8h às 11h e das 13h30 às 16h30.

O projeto de instalação deverá atender às normas técnicas de acessibilidade, às diretrizes estabelecidas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentado, Departamento de Planejamento, Projetos e Urbanização, e pelo Departamento Municipal de Trânsito e Serviços, (Deptrans).

O termo de compromisso terá prazo de três anos, prorrogável por igual ou superior período, a critério da Prefeitura de Birigui. O proponente e mantenedor do “parklet” será o único responsável pela realização dos serviços descritos no respectivo termo de cooperação, bem como por quaisquer danos eventualmente causados.

Os custos financeiros referentes à instalação, manutenção e remoção do “parklet” serão de responsabilidade exclusiva do mantenedor.

Oque você acha disso?

Anunciante

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Araçatuba

Sétima turma do Time do Emprego 2017 é iniciada

Durante o curso também serão prestados os serviços de emissão de carteira de trabalho e emissão de segunda via

Publicado

em

Em 2017, o programa já formou seis turmas com a participação de 120 pessoas.

A Prefeitura de Araçatuba, em parceria com a Secretaria Estadual de Emprego e Relações do Trabalho, iniciou, na tarde de terça-feira (21), a sétima turma do programa do Time do Emprego: um projeto de orientação e apoio ao trabalhador maior de 16 anos, desempregado ou que busca sua primeira ocupação remunerada.

O programa será dividido em 11 encontros de 3 horas por dia e seu objetivo é ajudar cada participante a conquistar seu lugar no mercado de trabalho, motivando-o a desenvolver suas próprias habilidades.

“Neste Time do Emprego haverá uma novidade: uma empresa de Araçatuba realizará um processo seletivo com 100% dos alunos acima de 18 anos e que tenham o ensino médio completo. A chance de conseguir um emprego é grande”, conta o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho, Erik Carneiro.

Estão inscritas nos encontros pessoas de todas as idades, o que proporciona a troca de experiências e de novas visões, tendo como exemplos o mais jovem da turma, Jonathan Oliveira Seabra (foto), de 16 anos, e a mais velha, Neide Maximiano de Almeida, de 53.

Em 2017, o programa já formou seis turmas com a participação de 120 pessoas. “Após cada formatura, cerca de 30% dos inscritos já conseguem entrar no mercado de trabalho por meio de ação direta do Time do Emprego”, declara Erik.

As reuniões serão dirigidas por Sebastião Alves e Miguel Sábio, dois profissionais treinados para a função. O conteúdo será ministrado às 15 pessoas inscritas e todas terão direito ao recebimento de um kit, contendo: bolsa, apostilas, caderno de atividades, caderneta, lápis e borracha. Os encontros acontecerão na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho (SMDERT), situada na Rua Gonçalves Ledo, 800.

Durante o curso também serão prestados os serviços de emissão de carteira de trabalho e emissão de segunda via.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Acidente

Caminhão derruba cabos de telefonia no bairro Icaray, em Araçatuba

Publicado

em

Cabos foram derrubados por caminhão na rua Osvaldo de Andrade com avenida da Saudade (Fotos: Arnaldo Alves)

Um caminhão derrubou cabos de telefonia e de internet no cruzamento da avenida da Saudade com a rua Osvaldo de Andrade, no bairro Icaray, em Araçatuba.

O incidente ocorreu por volta das 17h desta sexta-feira. Funcionários de uma padaria colocaram cadeiras para sinalizar o local e evitar acidentes na rua Osvaldo de Andrade.

A concessionária de energia foi acionada e afirmou que não houve danos em fios eletrificados. Os cabos foram atingidos pela carroceria de uma carreta.

O veículo não está mais no local. A Guarda Municipal foi acionada para orientar o trânsito naquele trecho.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

investigação

Homem é encontrado morto dentro de represa em Rio Preto

Corpo foi localizado perto do complexo da Swift e a vítima seria um morador de rua.

Publicado

em

Bombeiros durante o trabalho para localizar a vítima (Foto: Cristian Marques/Arquivo Pessoal)

Um homem foi encontrado morto na Represa Municipal de São José do Rio Preto (SP) na tarde desta sexta-feira (24). O corpo foi localizado perto do complexo da Swift e a vítima seria um morador de rua.

A vítima ainda não foi identificada. De acordo com informações dos bombeiros, uma equipe foi chamada por volta das 10h por causa de uma ocorrência de afogamento. O corpo foi localizado após as 14h.

Os bombeiros não souberam informar se ele morreu afogado ou se já estava morto. Segundo informações da polícia, a vítima se envolveu em uma briga com outro morador de rua. A perícia foi acionada e as causas serão identificadas.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante Sou Mais Familia

MAIS LIDAS DO DIA